espaço do

ASSOCIADO

Suvinil revela Meia-Luz a cor do ano 2021

A Suvinil, presente na casa de milhares de brasileiros e em todas as regiões do país, apresenta em primeira mão seu estudo anual de tendências em cores. O Suvinil Revela 2021, assinado por Michell Lott, jornalista, diretor criativo e consultor de cores da marca, convida todos para vivenciar uma imersão alinhada ao momento atual e às perspectivas para o próximo ano, essa temporada de ressignificação que invadiu não apenas o Brasil, mas o mundo. Com um mergulho intenso ditado pelo distanciamento social e, com ele, uma montanha-russa de sentimentos que passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas, o novo estudo de tendências da Suvinil é marcado pela transformação que invadiu as sensações e emoções individuais e, também, o jeito de morar e vivenciar a Casa, revelando “Meia-Luz” como a cor do ano 2021, além das paletas batizadas com os temas: RESGATE, CONSCIÊNCIA e CONEXÃO

Em 2020, experienciou-se um momento que cessou essa engrenagem fluída e rápida que impulsiona o planeta Terra, fazendo com que a rotina fosse alterada e tivesse novo ritmo, distanciando pessoas e desmaterializando a sociedade, em um grande incentivo à reflexão e à adoção de novos modos de viver. Neste contexto desafiador, que demanda por transformação, a cor vem como um antídoto, a primeira escolha para iniciar um ciclo de mudanças. Assim, lembrando momentos de pausa, respiro e contemplação, Suvinil apresenta “Meia-Luz”, uma cor que, inspirada no degrade do pôr-do-sol, imprime um elo entre sonhos e realidade, representando um lugar entre mundos: Dia e Noite, Céu e Terra, Real e Virtual, Antes e Depois.

Com um estudo aprofundado que retrata uma época que ficará marcada para sempre em nossas memórias, na qual as pessoas começaram a olhar atentamente para seus sentimentos e o interior de suas vidas e de suas casas, revisitando hábitos da vida, Suvinil Revela 2021 provoca uma imersão entre passado, presente e futuro, “Se abraçarmos o presente como ele é, teremos a chave para compreender a importância dos detalhes, poderemos aprender como as cores causam impacto direto em nós. Elas são energia e podem transmitir paz, serenidade, alegria, movimento, luz e sombra. É a dose diária de vigor que precisamos”, explica Sylvia Gracia, Consultora de Marketing – Cor e Conteúdo na Suvinil.

O estudo de tendências está materializado no documentário “As Cores como Antídoto”, produzido com exclusividade por Nani Rodrigues e Marcos Londero da @brejo.co e com trilha desenvolvida por Éfiro @efirocha. Para conhecer na integra, acesse aqui.

Se conecte com os temas e traga a inspiração das paletas de cores do Suvinil Revela 2021 para o seu dia a dia

RESGATE

Paleta 1 – Brancos orgânicos e pigmentados: Pelo de Coelho, Palito de Picolé, Sonho Bom, Rio Paíne e Água Doce.

Paleta 2 – Amarelos dessaturados e inspirados nas fibras naturais: Palmier, Trigo, Bolo de Nozes.

Paleta 3Marrons amadeirados: Terra Arada, Bolo de Nozes, Castanho, Funghi, Galho Seco.

Paleta 4Cinzas esfumaçados, queimados e naturais: Cipó, Cocar, Gaita.

Movida pela pluralidade e pelo ato de contar histórias por meio do uso das cores, Suvinil endossa seu estudo de tendências com três temas principais que batizam e constroem o racional de suas paletas para 2021. Para seu capítulo inicial, a marca dedica as boas-vindas ao RESGATE, reforçando a busca pelo passado em momentos de alerta ou crise, como os vivenciados atualmente.

A paleta Resgate retrata a procura pela simplicidade ancestral, como uma grande referência que conecta as pessoas, independente de seus perfis. Essa atmosfera emoldura a curadoria com brancos orgânicos e pigmentados, fazendo alusão ao formato primitivo das cavernas brancas, figura que carrega símbolos universais de nascimento, morte e renascimento – e que serviram como proteção a ameaças externas.

Nessa busca por tornar o lar um espaço de proteção física e mental e de encontrar um novo lugar de presença na vida interiorizada, Suvinil elencou também, em Resgate, cores mais cromáticas, como os amarelos dessaturados e inspirados nas fibras naturais e no rico artesanato que permeia o regionalismo brasileiro; os marrons amadeirados, retirados do uso sofisticado ou rústico proposto pelas madeiras; a reconexão complementar vinda de azuis, elementos sempre presentes na natureza, inspirados na cor do céu e no reflexo das águas; e até os cinzas esfumaçados, que simbolizam o carvão que purifica as coisas e a madeira queimada da fogueira, a defumação, a fumaça das ervas e outros símbolos que nos conectam aos rituais.

CONSCIÊNCIA

Paleta 5 – Vermelhos e terrosos: Flor de Anis, Tamarindo, Barro Vermelho, Rosa Secreto;

Paleta 6 – Azuis do céu: Pirineus, Azul Infinito, Anoitecer, Luz da Lua;

Paleta 7 – De concentração e Felicidade: Anoitecer, Luz de Inverno, Galho Seco, pelo de Coelho, Pirineus, Luz da Lua,

Paleta 8 – Verdes fervidos, filtrados, infusionados e temperados: Salgueiro, Tomilho, Babosa, Capim-de-Cheiro, Galho Seco, Capim-Seco;

Do passado aos dias atuais, Suvinil Revela 2021 ilustra CONSCIÊNCIA, conceito que pede cuidado do indivíduo com ele mesmo e com o planeta. Esse é o momento que Suvinil reforça a sustentabilidade em uma proposta de que, com menos, abre-se espaço para um diferente jeito de viver, o Novo Minimalismo.

 

Consciência demonstra a transformação das ações e, principalmente, do consumo, ao abordar também a Economia Desmaterializada que traz o racional para a vida. Quanto mais atividades em um mesmo espaço, aparelho ou com um objeto a pessoa puder realizar, mais sustentável ele será. Tudo isso é retratado ligando a natureza ao morar, por meio de tons medianos, dessaturados, calmantes e orgânicos. Aqui, Suvinil faz com que Vermelhos e terrosos sejam contraponto para os diferentes Azuis do céu; Cores clarinhas de concentração e felicidade complementem-se com os Verdes temperados e mais ligados aos alimentos e ao tempo. Uma escolha que demonstra a ligação das pessoas com a natureza, e que cuidar do planeta e de si mesmo podem e devem ser a mesma coisa. “Estamos olhando para as cores de forma mais mediana. Nem estamos foscos e nem muito vibrantes, bem de acordo com o momento das pessoas nesse contexto atual”, ressalta Sylvia Gracia.

CONEXÃO

Paleta 9 – Rosas e Lilases crepusculares: Meia Luz (cor do ano 2021), Violeta Queimado, Segundo Sol, Vela Aromatizada, Bodega;

Paleta 10 – Acqua: Bolinha de Gude, Pirineus;

Paleta 11 – Pinceladas Energéticas: Violeta Queimado, Alface Americana, Topazio Bruto;

Para finalizar esse mergulho conceitual em torno das cores, Suvinil Revela 2021 aborda a temática CONEXÃO, que convida para um olhar otimista sobre a tecnologia, reforçando como todos habitam o ciberespaço e, com sua presença ativa no ambiente digital, passa a ajudar as pessoas ao redor do mundo. Com isso, o indivíduo torna-se capaz de imaginar um futuro otimista e como pode, de forma construtiva, conectar o real com o virtual.

 

O tema traz a ascensão dos 3Ds que invadiram o universo da arquitetura dando espaço ilimitado ao encantamento decorrente do visual, uma solução que ampliou os sonhos, principalmente nas reformas e construções. Com esse alinhavado de ideias, o Real e Imaginário se alinham, colaborando na criação de soluções únicas, que auxiliam a contemplação das possibilidades que o futuro reserva. Por meio de uma escolha que traz esperança e inspiração nas paletas desse terceiro pilar, Suvinil indica Rosas e Liláses crepusculares; verdes azulados Acqua; e as Pinceladas Energéticas como opções sempre abertas e otimistas no resgate de memórias bem vividas de felicidade.

 

E assim, Suvinil Revela 2021 passa por seus três temas centrais em uma viagem conceitual com 38 cores dedicadas às pessoas, em diferentes espaços e com diversas preferências, sensações e histórias. Com destaque para a cor do ano 2021, Suvinil ressalta em “Meia-Luz” o poder ativo das cores em nossas vidas e nos momentos experienciados. “Trata-se de uma cor inspirada no pôr-do-sol, esse ícone que tomou as redes e virou inspiracional, trazendo a natureza para a nova rotina dentro de casa. Todo mundo parou alguma vez durante essa pandemia para ver o pôr do sol. Elegemos Meia-Luz como a cor do ano 2021 porque estamos nesse processo de transformação. Nos percebemos em um lugar de transição e estamos entre o que já foi e o que ainda será. Meia-Luz fala sobre otimismo, coragem e a contemplação da vida e de suas novas roupagens e formatos, para que possamos esperançar e alcançar um futuro melhor e mais equilibrado para nós como indivíduos e, principalmente, para o planeta. Com seu caráter mutável, ela fala sobre nós: não somos apenas uma coisa, não sabemos para onde vamos, mas sabemos que queremos ser felizes. Seja nas paredes de nossos quartos ou salas, ateliês ou despensas, jardins ou corredores, a nossa cor de 2021 nos lembra que podemos carregar nossos sonhos para onde quer que andemos”, encerra Juliana Hosken, Diretora de Marketing da Suvinil.

Para baixar o catálogo completo acesse: Suvinil.com.br/tendências. Acompanhe a inspirações da marca e o perfil do Instagram @tintas_suvinil ou acesse o Pinterest: https://br.pinterest.com/tintassuvinil/

 

Ficha Técnica Suvinil Revela 2021:

PESQUISA, CONCEITO, DIREÇÃO CRIATIVA E EDIÇÃO – Michell Lott – @lottlott;

CONSULTORIA DE PESQUISA – Lili Tedde e studio Edelkoort Brasil – @lilitedde;

DESIGNERS CONSULTORES – Nicole Tomazi e Sergio Cabral – @nicoletomazi e @osergiocabral;

TEXTO – Julia Anadam – @julia.anadam;

PRODUÇÃO EXECUTIVA – Vitória Mazzoni – @vimabi_;

PROJETO GRÁFICO E DESIGN – Paula Bustamante – @paula_bustamante;

FOTOS – André Klotz – @andreklotz;

Nani Rodrigues e Marcos Lôndero (Brejo) – @brejo.co;

ASSISTÊNCIA DE FOTOGRAFIA – Wesley Emes – @wesleydiegoemes;

REVISÃO – Marley Galvão – @marleygalvaojornalista;