espaço do

ASSOCIADO

Uso de energia solar completa dois anos no Porto Belo Outlet Premium

Existem várias motivações para o uso de energia limpa quando o assunto é economia de energia elétrica. Os benefícios são ainda maiores quando considerado o atual cenário econômico, que traz o desafio de reduzir custos e manter a sustentabilidade dos negócios. Neste cenário, onde o uso da energia solar ganha competitividade e atrai grandes consumidores, a estratégia adotada pelo Porto Belo Outlet Premium representa um marco de inovação na história do varejo de Santa Catarina e um grande avanço no âmbito do uso das energias alternativas. Também reafirma a sua posição de alinhamento com o desenvolvimento sustentável.

Único empreendimento do varejo do Sul do país onde a energia limpa instalada atende a 100% da área comum, o Porto Belo Outlet Premium comemora, em março, dois anos de seu parque fotovoltaico. É o segundo maior parque fotovoltaico de Santa Catarina. Segundo Michael Domingues, superintendente do Porto Belo Outlet Premium, a implantação do sistema de energia solar é resultado de uma nova percepção de responsabilidade ambiental por parte do empreendimento e do Grupo Tacla, além da geração de uma economia efetiva e sustentável.

Em dois anos, o projeto instalado representou a geração de 1.632,3 MWh de energia. Ela equivale ao consumo de 10.725 residências – pela média brasileira de consumo, apresentada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – e evitou a emissão de 204 toneladas de gás carbônico (CO2) no ambiente. Também equivaleu ao plantio de 817 árvores e à energia necessária para 2.721 banhos.

Produtor da própria energia

Com o sistema, o Porto Belo Outlet Premium passou a ser produtor e consumidor da própria energia, em um total de 800 mil kWh/ano. São 1.992 módulos solares de 330W cada e 9 inversores WEG Huawei de 60 kW cada, instalados no outlet. “A potência energética equivale ao consumo mensal de 412 residências”, detalha Domingues.

No Brasil, o uso de energia solar aumentou 70% no ano passado, em comparação a 2019 e movimentou mais de R$ 13 bilhões. A expectativa é ainda melhor para 2021. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar), a previsão é do que os investimentos no setor superem R$ 21 bilhões ao longo deste ano.

 

 

Nós utilizamos cookies para analisar e melhorar sua experiência de navegação e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao navegar pelo site, você concorda com este monitoramento e o uso de cookies. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.