espaço do

ASSOCIADO

Sessão de cinema para cegos e surdos acontecerá gratuitamente neste fim de semana no Parnaíba Shopping

Muito já se sonhou com um cinema totalmente acessível às pessoas com deficiência, mas agora é uma realidade que já está acontecendo. De olho no futuro, a cidade de Parnaíba receberá uma sessão especial, voltada para quem tem deficiência visual ou auditiva. Será neste domingo, dia 03 de novembro, no Multicine Cinemas do Parnaíba Shopping, a partir das 10h30. O filme que será exibido é “Viajo porque preciso. Volto porque te amo”, de Marcelo Gomes e Karim Aïnouz, que chega à cidade por meio do Projeto Alumiar, da Fundação Joaquim Nabuco (Recife – PE).

Anderson Almeida é professor da Universidade Federal do Delta do Parnaíba, intérprete de Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais, e está à frente dessa ação. “Participei dos projetos do Governo Federal que deram origem à acessibilidade desse filme. Fui convidado para fazer a tradução em Libras do filme, pois trabalho como tradutor há muitos anos, sempre fui ligado aos movimentos de intérpretes. Então pedi autorização para realizar uma sessão itinerante e eles permitiram”, comenta.

Ele explica que será um filme acessível para todo mundo. “Será para quem tem qualquer tipo de limitação, seja surdo ou cego. O filme dispõe de recursos de Libras, legenda e audiodescrição”, completa.

A necessidade de recursos de acessibilidade nas salas de cinema é uma realidade que já está acontecendo. De acordo com a Instrução Normativa 128/2016, da Agência Nacional de Cinema (Ancine), as salas de exibição de todo o país terão que dispor de tecnologia assistiva voltada à fruição dos recursos de legendagem, legendagem descritiva, audiodescrição e Libras até o dia 1º de janeiro de 2020.

No Piauí, a rede Multicine Cinemas foi a primeira a implantar os aparelhos de acessibilidade audiovisual, estando disponíveis nas cidades de Parnaíba, Picos e Floriano. Carol Drumond, gerente do cinema em Parnaíba, fala da satisfação em receber o projeto e de como esses usuários podem ter acesso a esse equipamento. “É uma satisfação grande poder receber esse projeto, pois nós temos um público acessível e isso agrega muito pra nós. Para a exibição desse projeto não será preciso a utilização de nenhum aparelho, mas já dispomos de duas salas em Parnaíba com essa tecnologia de audiodescrição e libras. Basta ele chegar na bilheteria e solicitar, que um colaborador o acompanha e faz a instalação na poltrona do cliente. Ele funciona para todos os filmes exibidos nessas salas”, explica.

“Receber esse projeto em Parnaíba é uma honra, pois até o momento é a única cidade, depois de Teresina, que irá ter o prazer de disponibilizar desse projeto a um público que é crescente aqui. É poder dar acesso à cultura para todos. Abraçamos, apoiamos e convidamos a todos para prestigiar”, frisa Marcelo Gurgel, superintendente do Parnaíba Shopping.

A sessão de cinema acessível conta com o apoio de entidades locais como a Associação de Pais e Amigos dos Surdos e da Fundação Helen Keller.