Imprensa / Notícias do Setor / Espaço do Associado

18/12/2017



PROJETO MUELLER ECODESIGN SOCIAL: REFORMA DAS SALAS PRIORIZA LAZER E FUNCIONALIDADE


PROJETO MUELLER ECODESIGN SOCIAL: REFORMA DAS SALAS PRIORIZA LAZER E FUNCIONALIDADE

A sustentabilidade é destaque na sala principal e de estudos

 

     Neste ano, o Projeto Mueller Ecodesign Social 2017, vai dar ainda mais vida ao Lar Batista Esperança. Entre todos os cômodos que estão sendo reformados, a sala principal (estar e TV), e a sala de estudos ganharam uma proposta descontraída, priorizando o bem-estar das crianças e a funcionalidade.

 

    A sala de estar e de TV está sendo reformada pela arquiteta Andréa Benthien, do escritório Tríade Arquitetura, e o arquiteto Sandro Percicotti, do escritório Sandro Percicotti Arquitetura. Andrea participa pela primeira vez no projeto; já Sandro desde a primeira edição. Entre as melhorias que estão sendo feitas no espaço está a mudança de algumas portas para melhorar a distribuição do mobiliário. “Estamos fazendo a troca do piso, revestimentos, pintura, móveis e iluminação, tudo pensando no melhor conforto dos moradores. Esse é o espaço que eles mais usam quando estão na casa”, afirma a arquiteta Andréa Benthien.

 

   Para compor o espaço, os arquitetos apostaram em um painel decorativo feito com peças recicladas, em parceria com a artista plástica Marilene Ropelato. “Os móveis serão feitos com reaproveitamento de chapas de outros projetos. Buscamos trazer a sustentabilidade para o ambiente, propondo uma casa mais funcional, confortável e bonita”, destaca o arquiteto Sandro Percicotti.

 

    As arquitetas e urbanistas, Ivana Guimarães, e Simone Weber, e as profissionais Eliza Souza e Daniela Martins, do escritório Guimarães Weber e Souza Arquitetura e Interiores, ficaram responsáveis pela transformação da sala de estudos. Participando pela primeira vez no Projeto Mueller Ecodesign Social, a expectativa, segundo elas, vai além da reforma de um ambiente. “Queremos trazer alegria, esperança e consciência no sentido da percepção de que “É Possível”. A idéia de podermos colaborar para melhorar a vida das pessoas através do nosso trabalho, e mostrar que é possível mover colaboradores para o mesmo fim social nos faz acreditar que o bem sempre será maior”, afirma a arquiteta Ivana Guimarães.

 

   Entre as melhorias que estão sendo feitas no espaço estão: novo revestimento para o piso; nova janela e porta de entrada; pinturas nas paredes com desenhos e cores inspiradoras; novos pontos de tomadas; melhoria na iluminação; e mobiliário adequado para que possam estudar com tranquilidade e aproveitar as horas de lazer. “Buscamos transformar o ambiente em um espaço prazeroso, tanto para o estudo como para o lazer. Um lugar onde as crianças e adolescentes queiram realmente estar. Trabalhamos com uma dinâmica de combinação de cores tanto para as paredes como para o mobiliário que remetem mais ao universo jovem. O conceito do projeto partiu da definição de áreas (estudo e lazer), levando em conta o número de adolescentes que a casa comporta atualmente”, explica a arquiteta Simone Weber.

 

    A sustentabilidade também se destaca na sala de estudos.  O sofá existente será revestido de tecido confeccionado com calças jeans usadas, doadas por amigos das profissionais sensibilizados pela causa. Alguns móveis como um pequeno armário suspenso, cadeiras de escritório e pés da mesa de estudo foram doados e serão reaproveitados. “Estamos usando a ideia de reciclagem para alguns objetos de decoração que serão feitos, por exemplo, com disquetes, capas de CD e teclados inutilizados, além de quadros feitos com retalhos de tecidos”, destaca Eliza Souza.

 

                  Para o desenvolvimento das obras, 13 escritórios de Curitiba (PR), sendo um total de 23 profissionais, aderiram ao projeto. Alguns já participaram de outras edições e outros marcam a sua estreia. São eles: Ana Carolina Mazzarotto, Ana Sekulic, Andréa Benthien, Carolene Coimbra, Fábio Aguiar, Ivana Guimarães, Simone Weber, Eliza Souza, e Daniela Martins, Jane Rocha, Keyla Kinder e Fernanda Viero, Jaqueline Siebert e Rodrigo Garcia, Nadia Bentz e Vanderlan Farias, Sandro Percicotti, Suzane Simon, Vania Toledo Martins, Zeh Pantarolli e Diego Miranda. Os coordenadores técnicos do projeto são a arquiteta Rose Guazzi e o arquiteto e paisagista Marcelo Calixto.

Cronograma do projeto

           A entrega está prevista para este mês. Todas as etapas do projeto Mueller Ecodesign Social são documentadas, por meio de fotos e vídeos, e farão parte de uma exposição, no Shopping Mueller, prevista para o início de 2018.

 

SERVIÇO:
Projeto Mueller Ecodesign Social
Informações: 
www.shoppingmueller.com.br
Facebook
www.facebook.com/MuellerCtba
Twitter
twitter.com/muellercwb
Instagram:
 @muellercwb

 

Informações para a imprensa
Mcomm Comunicação Dirigida
Fone/Fax: (41) 3343-9800
Marcus Contin DRT/PR 3838
Bianca Santos DRT/PR 0010429
e-mail: 
marcus@mcommdigital.com.br
e-mail: bianca@mcommdigital.com.br
Acesse: www.mcommdigital.com.br
Facebook: www.facebook.com/mcommcomunicacao
Instagram: @mcommcomunicacao

 

 

Bianca Santos

Mcomm Comunicação Dirigida

Fone/fax: (41) 3343-9800

E-mail:bianca@mcommdigital.com.br

www.mcommdigital.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/mcommcomunicacao
Instagram: @mcommcomunicacao