Imprensa / Notícias do Setor / Notícias do setor

16/11/2017



A BRMALLS ANUNCIA OS RESULTADOS DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2017


CARTA DA ADMINISTRAÇÃO & PRINCIPAIS INDICADORES FINANCEIROS E OPERACIONAIS

Neste trimestre continuamos o processo de ajustes iniciado neste ano. Mudanças importantes continuam sendo tomadas no sentido de concentrar nossos esforços e atenção em um portfolio de shoppings dominantes. Acreditamos que com maior foco nos nossos principais ativos e um relacionamento mais próximo com nossos clientes, a BRMalls estará mais preparada para se posicionar para novas oportunidades decorrentes da retomada da economia e do varejo.

Seguimos observando um processo de gradual recuperação do varejo e consumo. Quando excluímos o efeito de vendas de participação, as vendas totais cresceram 5,5%. Nossas vendas/m² cresceram 6,8% e o SSS foi de 4,6%, representando o melhor SSS no 3T dos últimos 4 anos.

Operacionalmente, seguimos empenhados em reduzir a inadimplência e aumentar a geração de caixa. Este processo de ajuste envolve concessão de descontos temporários e saída de lojistas inadimplentes, afetando no curto prazo nosso nível de receitas. Estamos confiantes que esta estratégia comercial proporcionará a recomposição da taxa de ocupação com lojistas de melhor performance e esperamos crescimento de receita e uma redução gradual dos descontos para os próximos trimestres.


Registramos um maior nível de Provisão de Crédito para Liquidação Duvidosa no montante de R$55,4 milhões, decorrente principalmente de uma maior dificuldade no recebimento de parcelas de acordos de confissão de dívida no valor de R$34,2 milhões, ocasionando uma baixa no saldo do contas a receber de Confissão de Dívida. Diante do atual cenário macroeconômico e da fragilidade financeira de alguns varejistas, seguimos no 4T17 ajustando nossas contas a receber de clientes para critérios mais conservadores de provisão de créditos para liquidação duvidosa.

Em setembro, a companhia recebeu notificação de manifestação de interesse de exercício de opção de venda da participação de 30% detida pelos sócios da Alvear Participações S.A., que possui participação nos shoppings Catuaí Londrina, Catuaí Maringá, Londrina Norte e no projeto greenfield em desenvolvimento em Cascavel. A concretização da aquisição em decorrência do exercício da opção de venda está condicionada ao atingimento, pelas ações de emissão da BRMALLS, de cotação superior a R$18,28. A Companhia acredita que a aquisição da participação

remanescente, caso concretizada, reforçará o portfólio da BRMALLS em linha com seu direcionamento estratégico. A mencionada obrigação está refletida nas demonstrações financeiras da Companhia e maiores detalhes podem ser obtidos na nota explicativa 1.2.2 do ITR e no anexo V contido neste release de resultados.

Para o fortalecimento de longo prazo realizamos passos importantes neste trimestre: 

Estrutura de capital: em julho de 2017 concretizamos a recompra do bônus perpétuo, uma dívida de USD378 milhões que causava volatilidade no nosso balanço, e com isso não temos mais exposição material a moeda estrangeira. Com um perfil de crédito mais saudável, a companhia segue trabalhando na gestão de seus passivos: neste trimestre, renegociamos a taxa de parte das nossas dívidas indexadas a TR (nossa maior exposição) e, com isso, reduzimos o custo médio do nosso saldo em TR em 30bps. Encerramos o trimestre com uma dívida líquida/EBITDA Ajustado  de 2,4x, o menor patamar da história da companhia. Após o encerramento do trimestre, anunciamos a captação de um

CRI no valor de R$400 milhões a uma taxa de 97,5% do CDI com vencimento de 6 anos.

Estrutura Comercial:

continuamos reforçando a produtividade do time comercial - neste trimestre assinamos 423

contratos em shoppings existentes (maior número de assinaturas em um 3º trimestre desde o 3T12) e com isso

revertemos a tendência de redução na taxa de ocupação. Iniciamos um projeto de desenvolvimento e aceleração de redes de varejo em conjunto com a Endeavor que além de proporcionar mentoria, know-how e acesso prioritário para varejistas de alto potencial, nos aproximará ainda mais de nossos clientes.

Retomada de investimentos: o próximo Greenfield Estação Cuiabá está em estágio avançado de construção para inauguração prevista para o 4T2018 e a comercialização avança em bom ritmo com mais de 80% da ABL locada. 

Iniciamos neste trimestre as obras de revitalização do NorteShopping e avançamos com o plano de investimento na

revitalização dos nossos shoppings.

Ajustes no portfólio: iniciamos tratativas com alguns grupos interessados na aquisição de alguns de nossos shoppings.

Estas possíveis alienações fazem parte de um grupo de ativos selecionados como passíveis para reciclagem de portfólio, em linha com a estratégia da cia de concentrar seus esforços e atenção em um portfólio de shoppings dominantes.

Time: continuamos reforçando a nossa equipe e trouxemos para o time da BRMalls o Sr. David Contis (ex-vice presidente da Simon Property Group, ex-presidente da Simon Malls e ex- conselheiro do Conselho Internacional de Shopping Center), que servirá como consultor estratégico exclusivo no Brasil.

Registramos com pesar o falecimento em outubro do então presidente do Conselho de Administração, Sr. Pedro Damasceno. A companhia será sempre grata à sua dedicação e às suas importantes contribuições. O conselho se recompôs com a entrada do membro suplente Sr. José Afonso Castanheira e a entrada do Sr. Bruno Rudge após a renúncia do Sr. Marcos Barbosa Pinto. Além disso, Sr. Claudio Bruni foi eleito presidente do Conselho de Administração.

Reforçamos que a agenda do conselho segue inalterada e seguimos com uma composição multidisciplinar,  complementar, pedominantemente independente e alinhado com os acionistas da companhia. 

Acreditamos que a companhia está se fortalecendo cada vez mais para enfrentar os desafios e oportunidades nos

próximos anos.