Imprensa / Notícias do Setor / Espaço do Associado

03/10/2017



PROJETO MUELLER ECODESIGN SOCIAL 2017: PRIMEIRA VISITA AO LAR BATISTA ESPERANÇA


A equipe de arquitetos e designers que irá atuar na edição deste ano esteve na instituição para conhecer a estrutura e definir questões técnicas

 

O Shopping Mueller promoveu nesta quarta-feira (27), uma visita técnica ao Lar Batista Esperança, com os responsáveis pelos 13 escritórios de arquitetura, sendo um total de 24 profissionais, selecionados para a edição de 2017 do Projeto Mueller Ecodesign Social, visando à apresentação da instituição e à discussão de questões técnicas da obra.

 

Na ocasião, a arquiteta e coordenadora técnica, Rose Guazzi, apresentou o estabelecimento aos profissionais e orientou sobre as definições finais dos ambientes assumidos por cada escritório, antes do início da obra. “A visita técnica é fundamental para os arquitetos e designers conhecerem os moradores, a rotina deles, e também para fazer um levantamento técnico. Além disso, foi um momento para conversar com as crianças que atualmente residem na instituição, para saber a opinião e sugestão de cada um, pois a ideia é que a revitalização agrade a todos, principalmente as crianças que vivem no lar”, explicou Rose Guazzi. A partir da visita, os profissionais têm como prazo 20 dias para as apresentações dos projetos de cada ambiente. A entrega da instituição reformada está prevista para dezembro deste ano. Todas as etapas do Mueller Ecodesign Social serão documentadas, por meio de fotos e vídeos, e farão parte de uma exposição, no Shopping Mueller, prevista para 2018.         

 

Em 2017, o projeto completa 10 anos e reformará o Lar Batista Esperança, que foi o escolhido pelo público, e atende crianças de 13 a 17 anos. A votação, que foi realizada por meio do site do Shopping Mueller, tinha outras duas instituições participantes: o Lar Dona Vera, e o Instituto Semeando a Paz. O Lar Batista Esperança foi o mais votado, levando 16.346 dos 30.964 votos totais. Na edição de 2017, os coordenadores técnicos convidados pelo Shopping Mueller, continuam sendo a arquiteta Rose Guazzi e o arquiteto e paisagista Marcelo Calixto. Todo registro fotográfico desta edição será realizado por Kelly Knevels e apresentado na exposição de 2018.

 

         Para o desenvolvimento das obras, 13 escritórios de Curitiba (PR) aderiram ao projeto. Alguns profissionais já participaram de outras edições e outros marcam a sua estreia. São eles: Ana Carolina Mazzarotto, Ana Sekulic, Andréa Benthien, Carolene Coimbra, Fábio Aguiar, Ivana Guimarães, Simone Weber, Elizane Souza, e Daniela Martins, Jane Rocha, Keyla Kinder, e Fernanda Viero, Marli Manfroi Faust, Michele Felicetti e Rodrigo Garcia, Nadia Bentz e Vanderlan Farias, Sandro Percicotti, Suzane Simon, Vania Toledo Martins, Zeh Pantarolli e Diego Miranda.

 

 A história do Projeto Mueller Ecodesign Social

        Construído a partir da Mostra Mueller Ecodesign, iniciada em 2008, que durante seis anos projetou ambientes assinados por profissionais de arquitetura e design de interiores, o Projeto Mueller Ecodesign Social surgiu através do mesmo pilar: a sustentabilidade. A principal proposta, quando foi criado o projeto, era de levar a exposição do Shopping Mueller para espaços reais, amparando diretamente o público. Em todas as edições, a proposta sempre foi a mesma: a de alcançar os jovens, beneficiando-os diretamente com as melhorias realizadas no local onde frequentam. Em sua primeira edição, em 2014, o projeto atendeu a Casa do Piá 1, já a segunda edição, em 2015, contemplou a Casa das Meninas do Novo Mundo. E a terceira edição do projeto, reformou o Portal do Futuro do Bairro Novo, as três instituições curitibanas.

 

SERVIÇO:
Projeto Mueller Ecodesign Social
Informações: 
www.shoppingmueller.com.br
Facebook
www.facebook.com/MuellerCtba
Twitter
twitter.com/muellercwb
Instagram:
 @muellercwb