Imprensa / Notícias do Setor / Notícias do setor

21/06/2017



MALL SUECO VENDE EXCLUSIVAMENTE ITENS RECICLADOS E DE SEGUNDA MÃO


Perto de Estocolmo, o ReTuna, com 14 lojas e um restaurante orgânico, quer atuar como um centro de educação da comunidade

Por Ticiana Werneck, da Abrasce



 

Esse é o primeiro shopping center do mundo dedicado a produtos reciclados e de segunda mão. ReTunaÅterbruksgalleria, ou ReTuna Recycling Galleria, fica na cidade sueca de Eskilstuna, próximo a Estocolmo, e tem a proposta de vender, em suas 14 lojas apenas itens usados ou reutilizados. É o que eles chamam de “o futuro das compras” ou “uma forma mais inteligente de fazer negócios”.

Sob o mesmo teto, estão reunidos lojistas de diferentes segmentos, desde roupas, móveis, artigos esportivos, materiais de construção a bicicletas, com o mesmo intuito: uma postura ambientalmente consciente, um mundo com menos resíduos.


O Retuna abre diariamente das 10 às 19 horas (com horários alternativos aos sábados e domingos das 10 às15 horas), possui três lojas pop-up e realiza promoções e temporadas de descontos como qualquer shopping. Mas seu modelo, definitivamente, é diferente de qualquer outro: os itens à venda são doados pela própria comunidade.

O mall possui um depósito no qual a equipe avalia e separa os itens doados em bom estado ou que possam ser restaurados - nesse último caso eles são encaminhados para uma central de recuperação. Depois de passar pelas etapas, os objetos são distribuídos entre as 14 lojas do centro comercial para a venda.


No shopping, há também um restaurante/café vegetariano, um centro educacional, uma sala de conferências para até 150 pessoas, salas de reuniões, além de um espaço reservado para receber lixo reciclável.

Para os idealizadores do projeto, uma equipe de ativistas ambientais, “sustentabilidade não é apenas sobre consumir menos, mas sim fazer mais com os recursos que já temos”. Para os criadores, o objetivo é tornar o Retuna “um centro onde as pessoas podem aprender sobre reciclagem e reutilização combinado a compras atrativas”.

Aberto há mais de um ano, o Retuna possui espaços vagos e anuncia, em seu site, oportunidades para empreendedores que queiram abrir lojas de artes, ferramentas e um salão de beleza. Quem se habilita?

 

Acompanhe o vídeo que mostra detalhes do mall: