Imprensa / Notícias do Setor / Notícias do setor

16/06/2017



UM PASSEIO PELOS NOVÍSSIMOS MALLS DO CATAR


Grandiosos, luxuosos, inovadores... Embarque conosco nesta viagem pelo Catar e seus malls

Por Ticiana Werneck, da Abrasce

 

O pequeno Catar é conhecido como um dos países mais “mall-friendly” do mundo. Com cerca de dois milhões de habitantes – 75% imigrantes, uma das mais altas taxas do mundo –, o país lidera a lista das nações mais ricas, sendo seguido por Luxemburgo e Singapura. Detém a segunda maior renda per capita do mundo, assim como um dos maiores IDHs. Entrará a partir de agora ainda mais nos holofotes internacionais, já que é lá que vai ocorrer a Copa do Mundo FIFA 2022.

Desde 2004, o país vem investindo numa forte modernização arquitetônica e turística, com a inauguração de hotéis, museus, complexos empresariais e shopping centers por todo lado. A capital, Doha, que abriga mais de 80% da população do país, possui uma profusão de guindastes trabalhando 24 horas por dia.


Em abril de 2017, a cidade inaugurou o maior mall e complexo de entretenimento do país, o Mall of Qatar, que pretende tornar-se uma referência em todo o Oriente Médio. Com 500 mil metros quadrados, área equivalente a 50 campos de futebol, o mall abriga 500 lojas, 17 salas de cinema, complexo anunciado como o maior 3D Imax do mundo, uma diversidade de opções em alimentação, programação cultural para todos os gostos, jardins e áreas para famílias e crianças, e um hotel Hilton. Grandioso: em seu núcleo há uma cúpula de vidro do tamanho de três campos de futebol especialmente projetada para trazer luz natural e vegetação ao centro de compras. A expectativa é receber 20 milhões de visitantes no primeiro ano.

A localização é estratégica. Bem perto dali, está o estádio Al Rayyan que será utilizado na Copa do Mundo FIFA 2022. “O centro de compras irá preencher a necessidade de uma área de varejo de luxo junto a opções de entretenimento”, disse Rony Mourani, diretor geral do Qatar Mall.


Antes desta inauguração, o paraíso das compras era o Villaggio Mall. Inspirado na Itália, possui canais para se passear de gôndola – tal como Veneza –, e uma ala semelhante à Galleria Vittorio Emanuele, tal como Milão. Todas as grifes de luxo estão lá, e há ainda um túnel subterrâneo que o conecta ao imponente hotel The Torch Doha.

 

Mais sobre o Catar e seus novos malls

Conhecido hoje como um destino turístico e de compras, o Catar nem sempre gozou dessa posição privilegiada. Localizado em uma península no golfo Pérsico, limitado pela Arábia Saudita e pelos Emirados Árabes Unidos, o Catar, até o fim dos anos de 1940, era pobre e suas atividades econômicas se limitavam à criação de camelos e pesca de peixes. Com a descoberta e consequente exploração de campos petrolíferos, o país conseguiu grande avanço econômico. Atualmente há investimentos na indústria pesada e na extração de gás natural como alternativa à produção de petróleo, cujas jazidas deverão se esgotar ainda no século XXI.

Como medida econômica preventiva, o governo catariano investiu fortemente seus petrodólares no mercado financeiro mundial, com o intuito de assegurar o seu futuro quando as reservas petrolíferas se esgotarem. O turismo e comércio também se tornaram importantes ferramentas econômicas.

A capital Doha muito se inspira na prima Dubai, misturando tradição e modernidade. Os populares souks, mercados de rua, que tanto agradam os turistas vêm enfrentando cada vez mais a concorrência de malls luxuosos, modernos e completos, com um diferencial desleal: eles oferecem ar-condicionado, um trunfo que faz diferença quando se está diante de temperaturas entre 40°C e 50°C no verão.

Ironicamente, diz-se que esta modernização que o país empreende hoje foi estimulada por Sheikha Mozah, a mais conhecida das três esposas do então emir Hamad – que há pouco abdicou do trono em favor do filho para dar espaço à nova geração, algo inédito na história do mundo árabe, onde até agora nunca um soberano havia renunciado ao poder voluntariamente.

Incentivada ou não por Sheika, a modernização no país vem agitando o setor de shopping centers. Fora os quinze inaugurados entre janeiro e abril, o país espera mais nove inaugurações até 2019. Vamos conhecer alguns deles?

AlHazm



Inspirado na Itália, este shopping de luxo possuirá um domo de vidro como teto para uma autêntica piazza (ou praça, em português) que abrigará oliveiras de 200 anos importadas da Sicília. No chão, o piso de mármore ajudará a manter o clima ameno apesar do calor de mais de 40 graus lá fora. Segundo o jornal local, Doha News, o mall não terá redes franqueadas, nem praça de alimentação, apenas marcas de luxo. O grupo desenvolvedor Al Emadi Enterprises também está de olho no fluxo da Copa do Mundo FIFA 2022 que está por vir. “O projeto vai atrair as famílias de residentes, turistas e visitantes do evento esportivo”, comentou o CEO do grupo, Mohamed Abdulkareem Al Emady.

 

Tawar Mall



Perto dali, o Tawar Mall também é esperado para abrir as portas até dezembro. Estão previstas 300 lojas e restaurantes, incluindo um souq indoor, uma área de entretenimento desenhada tal como uma fábrica de brinquedos gigante, e a primeira unidade da rede de supermercados europeia Spar.

 

Katara Mall

Aqui estará localizada a primeira Galeries Lafayette, famosa rede francesa, do Catar: terá três andares e mais de 400 marcas de luxo em moda, acessórios e decoração. O Katara Mall terá uma praça externa climatizada, um Spa Evian e uma espécie de “shopping-dentro-do-shopping” voltado apenas às crianças, com opções de compras, serviços, entretenimento e educação para os pequenos.

 

Doha Festival City



Vai abrigar quatro parques temáticos (entre eles Angry Birds World e Snow Dunes), 400 lojas, complexo de cinemas com 18 salas 4D, e uma ala exclusiva para marcas de luxo.

 

Place Vendôme



Projeto de uso múltiplo inspirado em Paris, é resultado de um investimento de US$1,25 bilhão de dólares. Após algumas datas de inauguração, agora anuncia como oficial meados de 2018.



A área de um milhão de metros quadrados terá um hipermercado, áreas dedicadas exclusivamente ao entretenimento, dois hotéis cinco estrelas e 500 lojas.

 

Marina Mall



A ser inaugurado em 2019, este mall de três andares está em frente à Marina e Iate Clube na cidade de Lusail. De uso misto, compreenderá hotéis, centro empresarial, prédios residenciais, e locais voltados exclusivamente para a convivência e entretenimento.