Imprensa / Notícias do Setor / Notícias do setor

14/11/2016



UMA ANÁLISE DO SETOR FRENTE AO CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO


Relatório Market Positioning, da Cushman & Wakefield em parceria com Abrasce, revela o panorama atual do mercado de shopping centers frente ao cenário econômico brasileiro

Por Ticiana Werneck

 



O relatório Market Positioning Retail Brasil* elaborada pela Cushman & Wakefield em parceria com a Abrasce, jogou luz sobre o presente e o futuro do setor de shopping center em meio ao cenário econômico vivido pelo País.

O panorama atual mostra que o país terá ainda um longo percurso de recuperação econômica pela frente. O aumento na taxa de desemprego e a diminuição da massa salarial criaram um cenário de redução do poder de compra e um arrefecimento do mercado de varejo.

Segundo Gustavo Garcia, Head de Business Intelligence da Cushman & Wakefield, e responsável pelo relatório, a boa notícia é que a confiança do consumidor vem apresentando uma melhora significativa. O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) medido pela FGV, subiu de 73,4 em junho de 2015 para 81,9 em junho de 2016.

Neste relatório, destaca-se a criação do IASC (Índice de Atividade em Shopping Centers), que mede o nível de atividade do comércio com foco no mercado de Shopping Centers. Para tanto utilizou-se, como base, o indicador de vendas varejistas divulgados pelo IBGE.

Garcia acredita que “nos próximos dois anos, com a queda dos juros, diminuição da inflação e criação de postos de trabalho, espera-se uma recuperação do setor”, diz. Isso deverá ocorrer especialmente no segmento de vestuário e acessórios, cujo ticket médio é relativamente baixo e cuja demanda nos últimos anos foi sensivelmente reprimida.

 

*A pesquisa completa está disponível para associados