Imprensa / Notícias do Setor / Notícias do setor

05/05/2016



OS MAIS JOVENS QUEREM LOJAS, DIZ PESQUISA


Pesquisa revela que jovens das gerações millenials e Z acham importante as marcas terem uma presença física; porcentagem é maior que entre os mais velhos

Por Ticiana Werneck

 

Então os mais jovens, que nasceram quando a internet e todas as facilidades da vida digital já existiam, não vivem sem as lojas físicas? Foi isso que um estudo da americana iModerate revelou.

82% dos millenials (nascidos após 1982), e 80% dos entrevistados da geração Z (também conhecida como “nativos digitais”, nascidos a partir dos anos 90), disseram que é importante para uma marca ter presença física, em vez de apenas vender online.

Estas foram as maiores taxas por faixa etária. Entre as gerações seguintes, baby boomers (nascidos entre 1946 e 1964), e geração X (nascidos entre 1964-1977), as porcentagens foram 65% e 69%, respectivamente.

O maior atrativo da loja, segundo os respondentes, é a garantia de uma boa compra, já que lá é possível ver, tocar e experimentar a mercadoria – categorias como vestuário, calçados e cosméticos foram as mais citadas. Esse aspecto é especialmente importante para uma primeira experiência de compra com a marca.

“Uma das maiores vantagens da loja física, que a diferencia dos outros canais de venda, é que o ambiente propicia a oportunidade do consumidor interagir com o produto, e passa a confiança que ele precisa para fazer a compra”, comenta o CMO da iModerate, Adam Rossow. “Varejistas podem tirar o melhor proveito disso ao criar experiências que aprofundam essa interação, usando inclusive demonstrações e fornecendo amostras”.

O estudo, que ouviu 844 consumidores com idades entre 15 e 65 anos, que compram online ou fisicamente ao menos uma vez ao mês, também revelou o que cada geração espera das lojas que visita:

 

• Geração Z: Procura segurança através de uma experiência sensorial. Gosta de lojas que oferecem diversos tamanhos, opções e estilos, assim como provador amplo - a americana Forever 21 seria o exemplo do que este consumidor aprova. Também aprecia receber amostras e demonstrações para fazer uma compra mais segura - a Sephora, que vende maquiagem, se encaixa como exemplo.


• Millennials: Afeito de eficiência e qualidade. Como estão na fase de início de carreira e formação da família, os representantes dessa geração precisam de opções práticas: valorizam lojas de departamento que oferecem a possibilidade de resolver várias pendências em um só lugar.

• Geração X: Aprecia experiências de compras que propiciam a sensação de fuga e descobertas.

• Baby Boomers: Valoriza conforto e espaço. De forma prática, elogiaram lojas que tocam música em volume mais baixo, possuem aromas sutis, e lugares para sentar e descansar.