Imprensa / Notícias do Setor / Espaço do Associado

27/11/2018



SHOPPING FAZ SIMULADO DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES


O Catuaí Shopping Londrina realizou na manhã desta segunda-feira (26) um simulado de abandono de área envolvendo mais de 120 pessoas entre agentes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Defesa Civil, Siate, Samu, Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e Escola Polivalente, além de contar com apoio do PAM (Plano de Ajuda Mútua), representado por voluntários do Setcepar e Econorte.

Foram feitas simulações de três ocorrências simultâneas: uma tentativa de roubo a malote na área externa do empreendimento, uma queda de gesso na praça de eventos com vítimas e um princípio de incêndio em uma das docas. O alarme soou às 8h30 e viaturas dos bombeiros e da PM se deslocaram até o Shopping, iniciando o treinamento. Foi calculado o tempo necessário para a chegada das equipes ao Catuaí, informação importante em situações reais de emergência.

Primeiramente houve a “prisão” dos assaltantes que tentavam roubar malote que seria levado ao carro-forte, com ação rápida dos policiais na área externa do Shopping. Simultaneamente, bombeiros resfriavam as docas na área de expansão, onde foi simulado um princípio de incêndio. Na área interna, socorristas faziam o resgate de vítimas atingidas por queda de gesso na praça de eventos, com simulação também de feridos contaminados por produtos químicos – o que exige procedimento especial.

O tenente Tiago Justino da Silva, que comandou os bombeiros, aprovou o treinamento e disse que os simulados são de grande importância para o aprimoramento dos profissionais em situações reais de emergência. “Nessas oportunidades podemos identificar possíveis falhas, corrigir erros e estarmos ainda mais aptos a agir em situações verídicas”.

O sargento Edson Ramos, que participou das operações à frente dos policiais militares, também considera os treinamentos fundamentais para a capacitação das equipes. “Naturalmente que o estresse em uma situação real é diferente. Mas o aspecto positivo é que, durante treinamentos como esses, podemos errar, corrigir, aprimorar”, afirmou.

O Catuaí Londrina realiza simulados de abandono de área anualmente, investindo em treinamento de suas equipes internas e envolvendo também as forças locais de segurança para integrar as ações e aperfeiçoar suas estratégias de prevenção.